Como germinar sementes de ROSA!

como cultivar rosas germinação de sementes de rosa rosa sementes de rosa

Cultivar rosas a partir de sementes pode ser um desafio, já que a maioria das sementes coletadas muitas vezes pode não germinar, independentemente do seu esforço. Felizmente, a maioria das roseiras produz uma grande quantidade de sementes em seu fruto, por isso não é tão necessário se preocupar com a quantidade de sucesso obtido. Lembre-se de que as plantas podem ter a aparência ou demais características diferentes da planta-mãe, principalmente se esta for uma híbrida resultante do enxerto de duas variedades. Válido também para as sementes compradas em lojas.

Passo a passo:

  1. Ponha as sementes de molho em água oxigenada diluída (opcional). Uma mistura feita de água oxigenada e água pode ajudar a reduzir o crescimento de fungos. Mexa 1,5 colheres de chá (7 ml) de água oxigenada 3% em um copo de água (250 ml).[2] Mantenha as sementes de rosa nesta solução por pelo menos 1 hora.
    Alguns estudos sugerem que um pequeno crescimento de fungos pode ajudar a quebrar o invólucro da semente, mas este tratamento com água oxigenada ainda é recomendado para evitar o crescimento de fungos em grandes quantidades.
    Um pouquinho de pó antifúngico para plantas é uma alternativa para esta etapa.
  2. Coloque as sementes em um meio úmido. Sementes de rosa normalmente não brotarão, a menos que sejam mantidas em condições de umidade e frio, imitando o clima do inverno. Coloque-as entre duas folhas de papel toalha levemente umedecidas, e depois dentro de um saco plástico.
    rosa1
  3. Deixe as sementes na geladeira por algumas semanas. Coloque-as em um meio úmido, dentro de um saco plástico ou numa bandeja para mudas e mantenha-as na parte mais fria da geladeira, como uma gaveta vazia.
    Não ponha as sementes junto a frutas e legumes, pois eles podem liberar substâncias químicas, que impedirão o seu desenvolvimento.
    1. As minhas sementes levaram 6 meses para brotar.
      rosa2
  4. Mantenha as sementes em um meio ligeiramente úmido. Verifique pelo menos uma por semana se surgiu algum broto. Ponha algumas gotas de água nas folhas de papel toalha sempre que começarem a secar. 
    rosa germinada
  5. Após germinar na geladeira: Encha um recipiente com uma mistura de solo adequada para germinação de sementes e uma boa drenagem. 
    Não é recomendável o uso de solo comum, uma vez que não drenam o suficiente e, assim, as raízes das mudas podem apodrecer.
  6. Plante-as com o broto voltado para baixo, já que esta é a sua raiz. Cubra-as levemente com terra, a cerca de 6 mm de profundidade. Deixe um espaço de pelo menos 5 cm de distância entre cada uma, para minimizar a competição.
    rosa plantando
  7. Mantenha as mudas em solo quente e úmido. Mantenha o solo úmido, mas não encharcado. Uma temperatura de 16 a 21ºC é ideal para a maioria das variedades de rosas. O ideal é cobrir com um filme-plástico para criar um ambiente de estufa.
    rosa estufa
  8. Saiba o momento mais apropriado para fazer o transplante das mudas. As duas primeiras folhas visíveis são geralmente folhas cotilédones, ou seja, brotadas a partir das sementes. Quando a muda tiver desenvolvido várias "folhas verdadeiras", com uma aparência típica de folha de roseira, é mais provável que sobreviva ao transplante. O transplante também é mais fácil no inverno ou início da primavera, e não no auge da estação de crescimento.
    rosa muda
  9. Transplante para um vaso maior ou direto no jardim. Quando decidir transplantá-la, espere pelo clima frio, nublado ou início da noite, que é quando a planta perde menos água. Umedeça a muda e para manter o solo ao seu redor compacto. Cave um buraco no local escolhido que seja grande o suficiente para caber a raiz e, em seguida, remova a muda com sua raiz e toda a terra ao redor dela. Transfira esta muda com o solo para o novo local, enchendo o restante do buraco com terra adubada, se o solo do jardim for de baixa qualidade. Regue com abundância após o transplante.
    1. Tente plantá-la na mesma profundidade de antes. Não cubra nenhuma parte da haste que estivesse anteriormente acima do solo.
  10. Cuide de suas rosas. Quando as mudas transplantadas ficarem com um aspecto saudável de novo, comece a regar normalmente. Adube algumas vezes durante a estação quente de crescimento para ajudar a sua planta a crescer e florescer, seguindo corretamente as instruções dos fertilizantes, mas lembre-se de que algumas variedades de rosas não florescem durante o primeiro ano de vida. Rosas gostam de sol, pelo menos 6 horas ao dia.

Para ter sucesso na germinação das rosas o ingrediente primordial é a paciência, seguida de delicadeza, cuidado e atenção.

O prazer e a alegria de ver a semente germinando é indescritível. Boa sorte!

rosarosa

 


Postagem anterior


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados